UOL

ZEN 


...estar em paz é não precisar de nada. (Julieta Venegas) 

Encontro

...meu nome é Felipe, sou psicótico saí para ver minha mãe, preciso de R$4,50 para voltar... Quatro e meia da madrugada, na porta do Metrô Ipiranga foi meio assustador escutar a conversa do cara. Altão, cabelo liso meio grande, pinta de galã bandido vagamente assustador.  Demorei um  pouquinho a reagir e me livrar do mancebo indo até o leitor de cartões me desculpando fingindo ver o saldo. Escutei de novo o Felipe  xavecando uma senhora que de cara falou: não tenho dinheiro! O ônibus me lsalvou de uma segunda abordagem do psicótico...

FRACASSO FRACASSO FRACASSO

Frequentei a Igreja durante muitos anos. Nunca fui molestado. Fui preso pela ditadura  aos 16 anos . Não me torturaram . Meus filhos cresceram ao som da Xuxa . Nenhum se converteu nem guardou sequelas. O que há de errado comigo ? 

PLANETA  ÁGUA

Música na piscina é sempre ruim. Os professores da atividade física na água entendem que estão numa academia aquática  e normalmente  é um festival de “putzputz” e “tumtumtum”. Chato,chato. Desanimador.  Por isso cometo minhas atividades solitariamente com mais alguns abnegados igualmente solitários. Pelo menos até terça passada. Em berço esplêndido comecei meus exercícios aquáticos quando do outro lado da piscina rolou um “Little Richard”, depois Johnny  Rivers , depois Roy Orbison  depois  Jerry Lee Lewis . . . Uau ! Quase  tirei  a professora  para dançar !

Jesse Stone

Não me interesso por selfies. Nem por celulares que fazem muito mais que o essencial. Nem pelo Face. Adoro ficar assistindo meu herói predileto o policial Jesse Stone que bebe, tem um cachorro e foi corneado pela mulher. Invariavelmente durmo no meio de um episódio e começo a ver de novo, já que não sei mexer direito nos controles do Netflix. Não tenho nada contra GLT, homossexuais, heteros, trans, casados, solteiros, corintianos ou chupadores de gelo. Tampouco me interesso por n suas  atividades internas. Tenho sempre muita louça prá lavar ou seja, estou sempre muito ocupado para besteirinhas alheias e a minha vida está completa. Citei sem querer no último parágrafo Cecilia Meirelles mas prometo que isso não  se repetirá . 

DOMINGÃO

Na av. Ricardo Jafet perto da Vergueiro o morador de rua  dormia placidamente  na tarde de domingo. Ao seu lado duas garrafas vazias de Stella Artois. 

EXTRA ! EXTRA !

Na fila do caixa pouco antes de minha vez escutei umas vozes, algo estranho rolando, um clima...  Perguntei  prá mocinha  do caixa que estava nervosa, trêmula e ela se abriu. Olhei para uma salinha a direita e vi uma senhor de joelhos diante de uma criança de uns 3/4  anos, bem vestidinha, falando:  perdoa o papai, ele não vai fazer mais isso... O papai em questão foi pego roubando. Colocava nas roupas da filha o que queria levar. Fiquei com uma enorme dor de estômago, me mandei rapidinho.  

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
UOL